Gadget

This content is not yet available over encrypted connections.

Gadget

This content is not yet available over encrypted connections.

Monday, November 29, 2010

Espetáculo Sucesso a Qualquer Preço

Curso de Artes Cênicas apresenta o espetáculo Sucesso a Qualquer Preço -
espetáculo formado por acadêmicos do curso de Artes Cênicas da UFSM.


Resumo

Em uma firma que trabalha com venda de imóveis os tempos estão difíceis para seus quatro corretores Levene, Roma, Moss e George. Eles são fortemente pressionados pela gerente Williamson, que agora chefia as vendas e acaba modificando toda a situação com uma grande surpresa, pois não lá há lugar para fracassados. Gerando a busca pelo Suceso, mas um fato inusitado acaba modificando completamente a situação.

Direção: Antônio Orellana
Elenco: Djefri Ramon, Gabriel Araújo, Gelton Quadros, Marcos Caye e Tatiana Vinadé,
Orientação: Adriana Dal Forno

Dia 28 e 29 de novembro às 20h 30min no teatro Caixa Preta, UFSM - CAL
entrada franca.
Duração aproximadamente 55min



Encerramento do Ciclo "Negritude em Cena" Macondo Cineclube

30/11 – Terça- 19h30min
Besouro
Direção: João Daniel Tikhomiroff
2009 / 95 min


Local: Museu Treze de Maio (Silva Jardim 1407 quase esquina com Valandro)


Bahia, década de 20. No interior os negros continuavam sendo tratados como escravos, apesar da abolição da escravatura ter ocorrido décadas antes. Entre eles está Manoel (Aílton Carmo), que quando criança foi apresentado à capoeira pelo Mestre Alípio (Macalé). O tutor tentou ensiná-lo não apenas os golpes da capoeira, mas também as virtudes da concentração e da justiça. A escolha pelo nome Besouro foi devido à identificação que Manuel teve com o inseto, que segundo suas características não deveria voar. Ao crescer Besouro recebe a função de defender seu povo, combatendo a opressão e o preconceito existentes.

Thursday, November 11, 2010

Espetáculo "Matrimônio"


Dias 14 e 15 de novembro, no Teatro Caixa Preta - Campus UFSM -
Às 20:30h. Entrada Franca!

ESPETÁCULO MATRIMÔNIO.

Dramaturgia criada por Daniel Guebel.
Direção: Pablo Canalles. Elenco: André Galarça e Juliet Castaldello.

Sinopse: Ato I: um casal discute sua relação, do início ao final, apesar de não terem certeza de há quanto tempo existe essa relação.

Ato II
: uma mãe e seu filho discutem sua existência, depois do abandono sofrido.

Ato III: um casal reencontra-se após um tempo indeterminado, e tenta aparar as arestas que ficaram após a separação. As duas –ou três, ou quatro – personagens revezam-se na tentativa de (re)construir uma história, que pode ou não ser a deles.


programação macondo circus 2010 / Macondo Coletivo, Santa Maria _ RS




QUARTA-FEIRA – 17/11

Oficina: “FVM II” – Produção de Video Clipe, com Carolina Berger (Macondo Coletivo, Santa Maria)

Local: SESC
Horário: 9h

--

QUINTA-FEIRA – 18/11

Oficina: “FVM II” – Produção de Video Clipe, com Carolina Berger (Macondo Coletivo, Santa Maria)

Local: SESC
Horário: 9h

--

SEXTA-FEIRA – 19/11

Oficina: “FVM II” – Produção de Video Clipe, com Carolina Berger (Macondo Coletivo, Santa Maria)

Local: SESC
Horário: 9h

--

DOMINGO – 21/11

Vernissage: Desvenda – Feira de Arte Contemporânea

Local: Ateliê da Gare
Horário: 19h

A exposição ficará aberta até o dia 27/11, das 17h às 22h

Mostra Coletiva “Dilatação”, Subsolo Art, Santa Maria

Local: Em frente ao Ateliê da Gare

Horário: 19h


Performance: Entrevistas Lansky – Ian Greiner – Axel Ro – Coletivo Sintomatica, Buenos Aires

Local: Ateliê da Gare
Horário: 20h


Mostra de Lançamento da DF5 – Distribuidora de filmes do Circuito Fora do Eixo

Local: Sala da Estação
Horário: 21h

--

SEGUNDA-FEIRA – 22/11

Oficina “FVMII” – Produção de Video Clipe – Carolina Berger (Macondo Coletivo, Santa Maria)

Local: SESC
Horário: 9h


Oficina “Composição e hardware hacking” – Rodrigo Gomez, Leonello Zambón, Sebastián Rey, Alejo Duek – Coletivo Sintomatica, Buenos Aires

Local: SESC
Horário: 9h

Bate papo: “Qual a importância da Intervenção Urbana dentro de uma sociedade?” Subsolo Art

Local: SESC
Horário: 14h

Cartografias da Cultura Aberta: Como Viver juntos. Mesa:Cidade e Experiência. Com Talita Tibola (Doutoranda UFF – Macondo Coletivo), Braziliano (Subsolo Art) e Rodrigo Gomez (Coletivo Sintomatica)

Local: SESC, sala 2
Horário: 17h


“4000 Disparos”, de Jonathas de Andrade (artista visual, Recife/PE)

Local:Sala Dobradiça
Horário: 21h


Mostra Internacional de Hipnose Audiovisual – Videoarte

Local: Macondo Lugar
Horário: 21h


Exposição de Videoarte – “Diamante VHS”, de Cristiano Lenhardt (artista visual, Recife/PE)

Local: Macondo Lugar
Horário: 21h


Performance: De Gota – Julia Arbos – Ian Greiner – Coletivo Sintomatica, Buenos Aires

Local: Macondo Lugar
Horário: 22h

--

TERÇA-FEIRA – 23/11

Oficina “FVMII” – Produção de Video Clipe – Carolina Berger (Macondo Coletivo, Santa Maria)

Local: SESC
Horário: 9h


Oficina “Composição e hardware hacking” – Rodrigo Gomez, Leonello Zambón, Sebastián Rey, Alejo Duek – Coletivo Sintomatica, Buenos Aires

Local: SESC
Horário: 9h

Oficina “Novos Instrumentos Digitais: Interação e controle além do teclado” – Moysés Lopes (Fórum Permanente de Música/RS)

Local: SESC
Horário: 14h

Cartografias da Cultura Aberta: Como Viver juntos. Mesa: Proliferações e encontros: Excessos de vida. Com Marquita Quevedo (Movimento pró-diversidade/Parada Livre), Daniel Plá (Professor do Depto. de Artes Cênicas da UFSM), Guilherme Corrêa e Flávia Costa da Silva (Grupo Ítaca)

Local: SESC
Horário: 17h


Instalação: Paisagem Transfigurada – Alexandre Copês e Carolina Marostica, Porto Alegre, RS

Local: Estação da Gare
Horário: 17h

A instalação permanecerá na estação durante todo o período do festival

“4000 Disparos”, de Jonathas de Andrade (artista visual, Recife/PE)

Local: Sala Dobradiça
Horário: 21h

Mostra Internacional de Hipnose Audiovisual- Cinema Experimental – Filmes de Ernesto Baca (Argentina) “Mandalas”,(CM) e “Samoa” (LM)

Local: Macondo Lugar
Horário: 21h


Exposição de Videoarte – “Diamante VHS”, de Cristiano Lenhardt (artista visual, Recife/PE)

Local: Macondo Lugar
Horário: 21h

--

QUARTA-FEIRA – 24/11

Oficina “FVMII” – Produção de Video Clipe – Carolina Berger (Macondo Coletivo, Santa Maria)

Local: SESC
Horário: 9h

Oficina “Composição e hardware hacking” – Rodrigo Gomez, Leonello Zambón, Sebastián Rey, Alejo Duek – Coletivo Sintomatica, Buenos Aires

Local: SESC
Horário: 9h

Oficina “Novos Instrumentos Digitais: Interação e controle além do teclado” – Moysés Lopes (Fórum Permanente de Música/RS)

Local: SESC
Horário: 14h


Cartografias da Cultura Aberta: Como Viver juntos. Mesa: Das práticas que abrem possíveis. Com Carlos Eduardo Magalhães – Dudu.(Massa Coletiva – São Carlos/SP), Luciane Chiapinotto (Psicóloga da Sec. de Educação de Restinga Sêca)

Local: SESC
Horário: 17h

Teatro: La Tragedia – Grupo de Teatro Independiente La Escalera – Puerto Madryn, AR

Local: Espaço Cultural Victório Faccin (TUI)
Horário: 20h30min


Mostra Coletiva “Vendo Cartazes” – Coletivo Veneta, Porto Alegre, RS

Local: Macondo Lugar
Horário: 22h

Lounge da Oficina Novos Instrumentos Digitais – Moysés Lopes, Porto Alegre, RS

Local: Macondo Lugar
Horário: 22h

Performance– Formato Living – Florencia Gleizer e Pablo Bursztyn – Coletivo Sintomatica, Buenos Aires

Local: Macondo Lugar
Horário: 22h

Show: Pizzeria, Buenos Aires, Ar

Local: Macondo Lugar
Horário: 22h
Ingresso: R$ 5
--

QUINTA-FEIRA – 25/11

Intervenção: “Monarquia ainda em SM” – Izidorio Cavalcanti – Recife, PE

Local: Praça Saldanha Marinho, Av. Rio Branco, Largo da Estação
Horário: 17h

Intervenção: “Aquilo que se bebe em xícara translúcida” – Coletivo (Des)esperar – Santa Maria, RS

Local: Largo da Estação
Horário: 18h

Intervenção: “Mapa das Artes em Santa Maria – RS” – Espaço em Obra, Santa Maria, RS

Local: Largo da Estação
Horário: 18h

Graffiti: Execução de Painel – Subsolo Art, Santa Maria, RS

Local: Largo da Estação
Horário: 18h

Shows: The Snobs (Paraibuna, SP), The Sams Hardcore Orquestra (Sorocaba, SP), Canastra Suja (Pelotas), Visitantes (São Paulo)

Local: Largo da Estação
Horário: a partir das 18h

Performance: Aniquilar a la Niña – Florencia Gleizer e Rodrigo Gomez – Coletivo Sintomatica, Buenos Aires

Local: Ateliê da Gare
Horário: 19h40min

Show: Sonnets (Santa Maria, RS), Ventores (Santa Maria – RS)

Local: Macondo Lugar
Horário: a partir das 23h
Ingresso: R$ 7

--

SEXTA-FEIRA – 26/11

Atelier a Céu Aberto e Oficina de Escultura em Argila”, Art Pública – Santa Maria.

Local: Largo da Estação
Horário: 16h

Intervenção: “Re-Ação Pública Sonora” – Grupo C.D.M (Centro de Desintoxicação Midiática) – Pelotas, RS

Local: Largo da Estação – Centro – Largo da Estação
Horário: 17h

Intervenção: “Aquilo que se bebe em xícara translúcida” – Coletivo (Des)esperar – Santa Maria, RS

Local: Largo da Estação
Horário: 18h


Intervenção: “Mapa das Artes em Santa Maria – RS” – Espaço em Obra, Santa Maria, RS

Local: Largo da Estação
Horário: 18h

Graffiti: Execução de Painel – Subsolo Art, Santa Maria, RS

Local: Largo da Estação
Horário: 18h

Lançamento do documentário Sou, de Andreia Vigo e do Projeto RS Negro

Local: Museu 13 de Maio
Horário: 19h30min

Performance: Em Busca da Linha – Izidorio Cavalcanti – Recife, PE

Local: Ateliê da Gare
Horário: 19h40min

Shows: Comma (São Paulo, SP), Babi Jaques & Os Sicilianos (Recife, PE), Tereza (Rio de Janeiro), Rinoceronte (Santa Maria, SM)

Local: Largo da Estação
Horário: a partir das 18h

Shows: Auditiva (Porto Alegre, RS), Sálvia (Santa Maria, RS)

Local: Macondo Lugar
Horário: a partir das 23h
Ingresso: R$ 7

--

SÁBADO – 27/11

Intervenção: “Aquilo que se bebe em xícara translúcida” – Coletivo (Des)esperar – Santa Maria, RS

Local: Largo da Estação
Horário: 18h


Intervenção: “Mapa das Artes em Santa Maria – RS” – Espaço em Obra, Santa Maria, RS

Local: Largo da Estação
Horário: 18h

Graffiti: Execução de Painel – Subsolo Art, Santa Maria, RS

Local: Largo da Estação
Horário: 18h


Exibição/Apropriacão Sonora – “Cerimônia e festa da igreja em Santa Maria” (1909)

Local: Largo da Estação
Horário: 21h

Shows: Duques (Rio de Janeiro, RJ), Proyecto Gomez Casa (Buenos Aires, AR), Boraimbolá no mundo paralelo (Porto Alegre, RS),

Local: Largo da Estação
Horário: A partir das 18h

Exibição de video clipe do Proyecto Gomez, produzido na Oficina “Faça Você Mesmo II”

Local: Largo da Estação
Horário: 20h


Shows: Los Monos (Lanus, Buenos Aires, Ar), Júpiter Maçã

Local: Macondo Lugar
Horário: A partir das 23h
Ingresso: R$ 10



www.macondocoletivo.com


MACONDO CIRCUS 2010!! inscreva-se nas Oficinas



O Macondo Circus 2010 está se aproximando. Além de toda a programação de artes integradas, que inclui exposições, performances, teatro, shows e intervenções urbanas, o festival também oferece oficinas gratuitas.

Confira e inscreva-se!

*caso as vagas não sejam preenchidas, serão aceitas inscrições na hora.

Oficinas:

Composição Musical + Hardware Hacking

Fwd: [Coletivos-Regional-Sul] Oficineiros: Rodrigo Gomez, Leonello Zambón, Sebastián Rey, Alejo Duek (Proyecto Gomez Casa) Buenos Aires, Argentina.

Data: 22-24 de novembro

Horário: 9h-12h

Local: SESC

Número de vagas: 20


*os alunos devem levar brinquedos a pilha e/ou rádio a pilha para poder intervir com hardware hacking, além de um instrumento que toque (baixo, guitarra, percussão, etc.)

A oficina irá fomentar a criação de uma obra musical mesclando instrumentos e aparatos sonoros. A ideia é abordar a composição de um lugar informal, vamos pensá-la como tradução de ideias. No nosso caso, a música. Como aparecem essas ideias, de onde surgem, como organizá-las?

A construção implica materiais, elementos, tratamentos, pesquisa, experimentação, riscos, desenhos, etc. O “a construir” é algo próprio, surge de um processo. A composição é um processo. Vamos tentar fazer com que cada um construa seu próprio conhecimento de composição. Uma mesma ideia pode ser traduzida em movimento, em algo sonoro, em algo visual, na construção de um espaço, uma instalação, uma projeção. Por sua vez um movimento, uma música, uma imagem, um espaço, contêm informações que eu posso extrair e traduzir novamente.

Se entendemos que uma ideia pode ser traduzida a qualquer disciplina, então a informação que estamos traduzindo é própria da ideia e não disciplina.


Faça você mesmo II (FVM II) – Produção de vídeo clipe

Oficineira: Carolina Berger

Data: 17-19 de novembro e 22-24 de novembro

Horário: 9h-12h

Local: SESC

Número de vagas: 20


*Os alunos devem levar câmeras fotográficas ou de vídeo pessoal, de qualquer formato.

Focada em processos de produção de vídeo clipe com câmeras pessoais e em processos de pós-produção (edição e manipulação estética de imagens). Os alunos da oficina irão entender conexões entre audiovisual e artes visuais, a partir da produção e pós-produção (edição e efeitos plásticos de imagem) de um vídeo clipe de música “No doy más” do “Proyecto Gómez” que será exibido no último dia do festival.


Novos Instrumentos Digitais: Interação e Controle além do Teclado

Oficineiros: Moysés Lopes

Data: 23 e 24 de novembro

Horário: 14h

Local: Sesc

Número de vagas: 15


Público Alvo: – Músicos e operadores de música eletroacústica e eletrônica.

No início do século 21 a sociedade se encontra em um fascinantes ponto da evolução da música eletrônica/eletroacústica. As possibilidades atuais têm aberto novas oportunidades à sound designers e músicos, e os parâmetros musicais passíveis de manipulação estendem-se dia-a-dia. Neste sentido instrumentos convencionais e inusitados têm sido utilizados para controlar parâmetros musicais até então não imagináveis. Sua manipulação e controle são o foco desta oficina.

A oficina tem como objetivo apresentar as possibilidades de novas formas de manipulação de parâmetros musicais através de controladores MIDI e instrumentos convencionais ampliados visando a ampliação da execução de música eletroacústica ao vivo em circuitos musicais não convencionais.


“Atelier a céu aberto” com oficina de escultura em argila

Oficineiro: Grupo Arte Pública

Dia: de 26

Hora: das 16 às 20hs

Local: Gare da Estação

Links: www.artpublica.com

Inscrições no local



Sobre o grupo:

O grupo foi formado em meados de 2004 pelos escultores, André Marcos, Catiuscia Dotto, Juliano Siqueira e Roberto Chagas, Pablo Fronza e Jorge Goularte.

Os membros do grupo, através de suas experiências da formação acadêmica e de suas Propostas Artísticas Individuais, trabalham nas práticas escultóricas, desenvolvendo projetos em arte pública, com a finalidade de ampliar suas vivências plásticas e desenvolver novas potencialidades artístico/criativas.

A proposta principal do grupo é unir experiências e aplicá-las na criação e execução de obras tridimensionais de grande porte, tais como monumentos e esculturas para o espaço público, buscando assim uma maior interação com as pessoas as pessoas, propondo a arte no dia a dia delas.

inscreva-se!

link

https://spreadsheets.google.com/viewform?formkey=dHdMUFhmWWZVNVRXb1YwUXZoU2RZakE6MQ

Peça Acordo Íntimo hoje no Theatro Treze de Maio

O Theatro Treze de Maio recebe nesta quinta-feira, às 20h30min, a peça Acordo Íntimo.

A peça conta a história de uma senhora que se divide entre os afazeres domésticos junto à sobrinha e o cuidado com o filho. O contraste entre o tratamento autoritário da senhora com a menina e a docilidade com que trata o filho provoca constantes discussões, as quais se encaminham para a revelação de um fato que determinará a mudança do futuro de cada uma das personagens.

A direção e dramaturgia do espetáculo é de Eduardo Colombo e a atuação de Aline Ribeiro, Felipe Martinez e Juliet Castaldello. A peça ainda conta com música ao vivo, com Cauã Canilha no violão e Lucas de Almeida no contrabaixo.

Ingressos: R$ 12,00 público geral; R$ 10,00 sócios TTM; R$ 6,00 estudantes/idosos.


matéria de hoje no jornal diário de santa maria

www.acessa.me/wdu

A PROFECIA REVELADA NO CINECLUBE UNIFRA

Robert Thorn é um homem de sorte. Bem-sucedido em seu ofício como diplomata norte-americano, rico, casado e pai de um garotinho que é uma graça! No próximo sábado, dia 13, a partir das 16 horas, o Cineclube UNIFRA dá continuidade ao ciclo Clássicos do Terror com A Profecia, e mostra como o pequeno herdeiro de Robert transformou sua tranquila vida, literalmente, em um inferno.

Dirigido pelo competente Richard Donner, o filme apresenta Robert (Gregory Peck) instantes após ele ser informado que seu filho nascera morto. Comovido, e sem coragem para dar a notícia a sua esposa (Lee Remick), decide adotar um menino recém-nascido e abandonado pela mãe. O que Robert não sabe é que Damien, como é batizado o garoto, nasceu às 6 da manhã do dia 6 do 6º mês, configurando, assim, a lendária profecia do Anticristo.

Após um início de infância normal, coisas estranhas começam a acontecer ao redor de Damien a partir de seu quinto aniversário: sua babá comete suicídio em plena festa, um padre alerta Richard de que só se salvará caso mate a criança e um fotógrafo descobre um misterioso segredo.

Conduzido com extrema destreza por Donner, A Profecia conta, também, com uma excepcional trilha sonora (vencedora do Oscar) assinada por Jerry Goldsmith, que acentua ainda mais os - vários - momentos de pura tensão. São poucos os longas que conseguem ir da paz absoluta ao caos total de maneira cadenciada como este. Um verdadeiro clássico do terror que merece ser conferido no Cineclube UNIFRA.



A PROFECIA (EUA/REINO UNIDO, 1976, 111 MIN)

DIREÇÃO: RICHARD DONNER

SÁBADO, 13 DE NOVEMBRO, 16 HORAS NO CINECLUBE UNIFRA

SALÃO AZUL DO CONJUNTO I (ANDRADAS, 1614)

ENTRADA FRANCA



Texto elaborado pelo acadêmico de Jornalismo Giulianno Olivar



O Cineclube UNIFRA é uma atividade acadêmica, sem fins lucrativos, que existe desde 2003 no Centro Universitário Franciscano. Os temas e respectivos filmes são discutidos e selecionados pelos alunos. Também é de sua responsabilidade a criação de cartazes e material de divulgação para a imprensa. A finalidade deste espaço cultural é discutir cinema, contribuir para a formação de um público crítico e estreitar os laços com a comunidade.


Divulgação:
LINC - Laboratório Integrado de Comunicação da UNIFRA (linc.unifra@hotmail.com)
Professor responsável: Jornalista Bebeto Badke (MTb 5498) Fone: 9979.6532 (ca.badke@terra.com.br)
Acadêmica Monitora: Joyce Noronha / fones: 9131.1419 – 9628.4082 (joy.jornal@gmail.com)


Até sábado,
Equipe do Cineclube Unifra
Acadêmicos de Jornalismo & Publicidade e Propaganda
Professor responsável: Bebeto Badke

Tuesday, November 09, 2010

22ª Semana da Consciência Negra começa nesta sexta

Começa na sexta-feira (12) e vai até a segunda-feira (22), a 22ª Semana Municipal da Consciência Negra de Santa Maria. As atividades previstas para a semana procuram refletir sobre o processo de ações afirmativas conquistados pela comunidade negra, provocando uma discussão sobre a permanência e o sucesso dos alunos cotistas na UFSM, entendendo que as políticas reparatórias para o povo negro devem ir muito além do ingresso.

Esta Semana procura também evidenciar a luta constante do povo negro pelo fim da discriminação e qualquer forma de intolerância; pela continuidade da revitalização do antigo Clube Treze de Maio como legítimo espaço de afirmação das identidades negras e preservação dessa memória; pelo protagonismo de homens e mulheres negras que trabalham com arte, educação, pesquisa e inclusão, reafirmando assim, a resistência de antigos e novos Zumbis dos Palmares.

A Semana é promovida por diversas entidades do Movimento Negro, instituições educacionais, culturais e o Município e promove, além de debates e oficinas, várias atividades culturais em diversos pontos da cidade.



DVD Parcerías será lançado em Santa Maria

Documentários produzidos pelo Fórum entre Fronteiras serão lançados,

nesta terça-feira, na CESMA



O Fórum Entre Fronteiras é uma organização que desde 2007 trabalha com políticas para o desenvolvimento do audiovisual na região, cujo objetivo principal é diminuir as assimetrias com os grandes pólos de produção. Seu caráter itinerante e a horizontalidade de tomada de decisões permitem que as 14 organizações que o compõe gerem laços democráticos e plurais. O Fórum é uma organização que reúne realizadores audiovisuais do Nordeste da Argentina, Paraguai e Sul do Brasil.

Nesse sentido o primeiro projeto lançado pelo grupo é o DVD “Parcerias Entre Fronteras, histórias de integração dos nossos povos”, composto por quatro documentários que versam sobre o tema ‘”Entre Fronteiras”. Os documentários tiveram o financiamento do INCAA - Instituto de Cinema e Artes Audiovisuais da Argentina, da SAV - Secretaria do Audiovisual, do Ministério da Cultura do Brasil, assim como o apoio de inúmeras instituições dos três países.



Em setembro de 2010 o projeto foi lançado na Argentina durante a 7ª Semana de cinema de LaPacho.



Agora o projeto será lançado no Brasil. A exibição, com entrada franca, será nesta terça-feira 09 de novembro, às 19h, na CESMA – Cooperativa dos Estudantes de Santa Maria e contará com a presença de diretores e produtores dos documentários.



A atividade integra a programação do Festival de Cultura da UFSM. O festival integra a programação da Jornada Acadêmica Integrada (JAI) e desenvolve-se em diferentes locais e com acesso gratuito em todas as programações.

A UFSM e a CESMA, desta forma, consolidam a iniciativa na parceria de desenvolvimento de projetos nas áreas de cultura, pesquisa e cooperativismo.

Os documentários que fazem parte do DVD Parcerias são:

Jesarekó, de Gerardo Jara: significa em guarani, entre outras coisas, reflexão. Este documentário, dirigido pelo paraguaio Gerardo Jara, retrata através do relato de seus protagonistas a vida de um paraguaio, que vive na zona portuaria e cruza a fronteira diariamente, e a de um argentino que dedica sua vida a estiva, trabalhando arduamente; há uma reflexão sobre a diversidade e a comunidade da vida na fronteira.



Causos y cuentos de fronteira, de Francieli Rebelatto: é uma aproximação quase antropológica aos contadores de causos da frontera. Em uma região solitaria e rural na frontera entre Argentina, Brasil e Uruguay, estes contadores de historias reviven a mitología popular e o imaginario coletivo.



La fronteira, de Lucho Bernal: a estranheza dos povos que vivem divididos (e unidos) por uma rua. A fronteira seca entre Bernardo de Irigoyen e Dionisio Cerqueira. Através de um relato cheio de humor, tempos rápidos e uma colorida fotografia, vemos o absolutamente naturalizado contrabando, a paixão pelo futebol, e a convivência dos povos em um só.



Riberas, de Arturo Fabiani:a filosofia existencial de Alfonso Lezcano, um músico que ensina as crianças e os jovens de Pilar, Paraguai, a resgatar as origens de sua cultura através da revalorização de sua tradição musical. Pela figura de Alfonso presenciamos a convivência dos países depois da Guerra da Tríplice Aliança, das diferentes realidades e da discriminação.



Os produtores delegados do Fórum Entre Fronteiras para a realização do DVD Parcerías são:

Argentina: Guillermo Elordi (Red de Realizadotes NEA – NOA / Formosa) e Axel Monsú (Coop. de Trabajo “Productora de la Tierra” / Argentina, Misiones)

Paraguai: Juana Miranda (Kino Colectivo Cinematográfico)

Brasil: Luiz Alberto Cassol (CESMA)



Atividade dentro da programação do Festival de Cultura da UFSM:



Serviço:

Lançamento do “DVD Parcerías”, na CESMA

Terça-feira, 09 de novembro de 2010, às 19h.

Entrada franca.



Realização: UFSM – Universidade Federal de Santa Maria

Patrocínio: Caixa Econômica Federal

Apoio: Santa Maria Vídeo e Cinema / CESMA – Cineclube Lanterninha Aurélio / Fórum Entre Fronteiras



Lançamento do DVD Parcerías no Brasil

Promoção: Fórum Entre Fronteiras / UFSM (Festival de Cultura da UFSM) / CESMA - Cineclube Lanterninha Aurélio

Apoio: Santa Maria Vídeo e Cinema e CNC – Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros

a satisfatória agenda macondo lugar

Quinta 11/11 - Rock Esquema Novo

Mais uma edição da festa que celebra o melhor do rock em todas suas vertentes! Discotecagem à cargo do cordial dejota Fof's é garantia de diversidade musical!

Início: 23h
Ingresso: R$ 7
Free para estudantes até a meia-noite

Sexta 12/11 - Dinossauro (SC) e Stwarts (Santa Maria)


Rock contemporâneo de altíssima qualidade no palco do Macondo, com a banda catarinense Dinossauro. Abertura por conta dos Stwarts, que revisitam Beatles, Arctic Monkeys, The Who e Kings of Leon.

Início: 23h
Ingresso: R$ 8
Free para estudantes até a meia-noite

Sábado 13/11 - Studio 54


Alegria & glamour na festa que te leva de volta à época de ouro da discothéque. E prepare-se: nesta edição, rola uma versão purpurinada da cadeia de festa junina...

Início: 23h
Ingresso: R$ 8



Domingo 14/11 (véspera de feriado) - Tributo aos Rolling Stones


A Like a Rolling Stone passeia pelos clássicos venenosos da banda que ensinou ao mundo o que é o rock'n'roll!

Início: 23h
Ingresso: R$ 7
Free para estudantes até a meia-noite

Monday, November 08, 2010

Estréia da peça de Artes Integradas / Quando Fecho os Olhos

Prezado (a),


O Macondo Coletivo orgulhosamente convida para

a imperdível estréia da peça de Artes Integradas

“Quando fecho os olhos”, na próxima quarta-feira,

20:30, no Teatro Treze de Maio.


Quando Fecho os Olhos

Dia: 10 de nov

Local: Theatro Treze de Maio

Hora: 20:30h

Ingressos: R$ 10 (integral) ou R$ 5 (estudantes)


Saudações,

Macondo Coletivo


--


Sobre “Quando fecho os olhos”

O espetáculo de artes integradas “Quando Fecho os Olhos” é fruto de um projeto em constante processo realizado pelos núcleos de atuação do Macondo Coletivo. Foi elaborado a partir da proposta de redescobrir e redimensionar o fazer artístico com o intuito de desenvolver uma dramaturgia cênica contemporânea, buscando um diálogo entre as diferentes linguagens como: teatro, dança, artes visuais, literatura, música e performance.



O espetáculo surge da contaminação recíproca entre o conjunto de ações criadas pelos atores da Cia. Teatro de Bolso (Núcleo de Experimentação Teatral Indisciplinar) a partir dos textos dos blogs dos integrantes do Núcleo de Literatura, da trilha sonora composta e executada pela Banda Rinoceronte, do Objeto SD0.5 criado pela Sala Dobradiça - Núcleo de artes visuais - e das interferências imagéticas criadas pelo Núcleo de Audiovisual.


“Quando Fecho os Olhos” tem sua concepção inspirada nos momentos de inquietação e crise pelos quais todos passamos.



FICHA TÉCNICA:

Realização Macondo Coletivo

Textos: Atílio Alencar, Daniel Dutra e Talita Tibola

Direção e Atuação: Cláudia Schulz, Luise Scherer e Tiago Teles

Trilha Sonora: Rinoceronte (Paulo Noronha, Vinicius Brum e Luiz Henrique (Alemão)

Cenografia: Alessandra Giovanella, Atílio Alencar, Talita Tibola, Elias Maroso, Desiree Tibola, Lucas Figueiredo Baisch

Iluminação: Luis Fernando Marques (Bando)

Intervenção videográfica (roteiro, composição e técnica): Carolina Berger, Eduardo Ramos, Kareka Ricordi e Francine Nunes

Desing: Cristian Mossi

Operador de som: Vanessa Giovanella


LINKS:

www.macondocoletivo.com

www.ciateatrodebolso.blogspot.com


www.myspace.com/rinoceronterock

www.saladobradica.blogspot.com


CONTATO:

E-mail: ciateatrodebolsosm@gmail.com



Ciclo "Negritude em Cena: Resistência e Visibilidade" - Macondo Cineclube e Museu Treze de Maio

No mês em que se celebra o dia da Consciência Negra, o Macondo Cineclube em parceria com o Museu Treze de Maio promovem o ciclo "Negritude em Cena: Resistência e Visibilidade". Devido a esta parceria, o Cineclube muda de lugar neste mês. Os quatro filmes da programação serão exibidos no Museu, que fica na Silva Jardim, número 1407, quase esquina com a Serafim Valandro, sempre às 19h30. A entrada é franca.

O ciclo tem início na próxima terça-feira, dia 09, com Cafundó, longa de 2006, dirigido por Paulo Betti e Clóvis Bueno. Já no dia 16, a sessão que integra a programação oficial da Semana da Consciência Negra, realizada pelo Museu Treze de Maio, vai exibir o documentário Terra Deu, Terra Come, realizado este ano e dirigido por Rodrigo Siqueira.
No dia 26, uma sexta-feira, às 19h30, haverá a exibição do documentário Sou, de Andreia Vigo, e o lançamento do Projeto RS Negro. A atividade integra a programação oficial do Festival Macondo Circus 2010. E no dia 30 de novembro, 19h30, Besouro, de 2009, dirigido por João Daniel Tikhomiroff, encerra o ciclo.


PROGRAMAÇÃO DO CICLO
Local: Museu Treze de Maio ( Silva Jardim 1407 quase esquina com Valandro )


09/11/10 – Terça- 19h30min
Cafundó
Direção: Paulo Betti e Clóvis Bueno
2006 / 101 min


Cafundó é inspirado em um personagem real saído das senzalas do século XIX. Um tropeiro, ex-escravo, deslumbrado com o mundo em transformação e desesperado para viver nele. Este choque leva-o ao fundo do poço. Derrotado, ele se abandona nos braços da inspiração, alucina-se, ilumina-se, é capaz de ver Deus. Uma visão em que se misturam a magia de suas raízes negras com a glória da civilização judaico-cristã. Sua missão é ajudar o próximo. Ele se crê capaz de curar, e acaba curando. O triunfo da loucura da fé. Sua morte, nos anos 40, transforma-o numa das lendas que formou a alma brasileira e, até hoje, nas lojas de produtos religiosos, encontramos sua imagem, o Preto Velho João de Camargo




16/11/10 - Terça-feira -19h30min

Integrando a programação oficial da Semana da Consciência Negra, realizada pelo Museu Treze de Maio

Terra Deu, Terra Come
Documentário
Direção: Rodrigo Siqueira
2010 / 88 min



Pedro é um dos últimos conhecedores dos vissungos, as cantigas em dialeto banguela cantadas durante os rituais fúnebres da região, que eram muito comuns nos séculos 18 e 19. Garimpeiro de muita sorte, ele já encontrou diamantes de tesouros enterrados pelos antigos escravos, na região de Diamantina. Mas o primeiro diamante que encontrou há 70 anos, foi enterrado pelo tio em local desconhecido. Depois disso, vive sempre em uma sinuca: para reencontrar o diamante só se invocar a alma de seu tio João dos Santos. Durante um funeral, Pedro desfia histórias carregadas de poesia e significados metafísicos: estamos sozinhos ou as almas também estão entre nós?

“Terra Deu Terra Come” aborda aspectos da cultura afro-brasileira.

Com distribuição da VideoFilmes e da 7Estrelo Filmes, em parceria com os contemplados do Programa Cine Mais Cultura – do MINC, o documentário está sendo lançado simultanemante com mais de 800 cópias em todo o país através dos cineclubes. É um filme que inova porque incorpora à sua estratégia de distribuição um parque exibidor alternativo que tem larga escala e capilaridade nas capitais no interior do país. Tradicionalmente, os documentários brasileiros são lançados com pouquíssimas cópias e têm grande dificuldade de alcançar o público.

O programa Cine Mais Cultura, do governo federal conta hoje com 821 pontos de exibição digital em todos os 27 estados do Brasil, em periferias das capitais e no interior dos estados. Isso faz com que centenas de cidades que não possuem salas de exibição comercial possam ter acesso às produções brasileiras.




26/11/10 - Sexta-feira - 19h30min

Lançamento do documentário Sou e do Projeto RS Negro
Atividade que integra a programação oficial do Macondo Circus / 2010

Sou
Documentário
Brasil / POA / RS
2010 / 26min, Cor/P&B
Direção: Andreia Vigo



O documentário SOU é um registro histórico-poético sobre a identidade afro-gaúcha, tendo como base a vida e a obra do poeta gaúcho Oliveira Ferreira da Silveira (1941-2009). Oliveira também é conhecido como o poeta da Consciência Negra, responsável pela proposta de criação do 20 de novembro – Dia Nacional da Consciência Negra.

O projeto RS Negro: educando para a diversidade é uma realização da Secretaria da Justiça e do Desenvolvimento Social do RS (SJDS), da Fundação de Educação e Cultura do Internacional (Feci), com financiamento da Companhia Estadual de Energia Elétrica do RS (CEEE), através da Lei da Solidariedade. O kit RS NEGRO é composto pela 2 ed. do livro “RS Negro: cartografias da produção do conhecimento”; vídeo-documentário “Sou”; revista RS Negro; pôster book RS Negro; CD de aulas RS Negro; CD de áudios “Negro Grande”.
O kit do projeto será entregue às escolas visando o cumprimento da Lei 10.639, que inclui a "história e cultura afro-brasilera" no currículo oficial da rede nacional de ensino.


30/11 - Terça- 19h30min
Besouro
Direção: João Daniel Tikhomiroff
2009 / 95 min


Bahia, década de 20. No interior os negros continuavam sendo tratados como escravos, apesar da abolição da escravatura ter ocorrido décadas antes. Entre eles está Manoel (Aílton Carmo), que quando criança foi apresentado à capoeira pelo Mestre Alípio (Macalé). O tutor tentou ensiná-lo não apenas os golpes da capoeira, mas também as virtudes da concentração e da justiça. A escolha pelo nome Besouro foi devido à identificação que Manuel teve com o inseto, que segundo suas características não deveria voar. Ao crescer Besouro recebe a função de defender seu povo, combatendo a opressão e o preconceito existentes.










www.macondocoletivo.com

www.macondocineclube.blogspot.com
www.museutrezedemaio.blogspot.com

Thursday, November 04, 2010

a eleitíssima agenda macondo lugar


Quinta 04/11 - Femme Fatale


A DJ Elisa Fonseca comanda a discotecagem mais fina, elegante & sincera da casa verde da Serafim. Na pista: indie, eletro e pop nas vozes de divas contemporâneas e clássicas.

Início: 23h
Ingresso: R$ 7
Free para estudantes até a meia-noite e a noite inteira para ladies


Sexta 05/11 - Flor de Lótus

Um passeio pelos clássicos do rock da década de 70: Led, The Who, Jethro Tull e muito mais!

Início: 23h
Ingresso: R$ 8
Free para estudantes até a meia-noite

Sábado 06/11 - Volantes (Poa)


Em pouco tempo, a Volantes alcançou o posto de banda gaúcha mais amada da atualidade. E não por acaso: a mistura de referências oitentistas e letras primorosas, além do carisma inegável de seus integrantes, faz dos Volantes um caso à parte na cena independente do sul. Não seria sábio da sua parte perder este show...

Início: 23h
Ingresso: R$ 7